Fotos: Wesley Crepaldi
Publicado em: 27/02/2013 às 09:37:00 Autor: Cenira Fonte: Jornal O Diário

Com a presença do Secretário Estadual de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (SEDRAF), Meraldo Figueiredo de Sá (Ex-Presidente de AMM) e do sub-secretário Renaldo Lofti (o Alemão), foi realizado em Nova Lacerda, dia 15 de fevereiro, sexta-feira, o encontro do Fórum Regional dos secretários de Agricultura, Turismo e Meio Ambiente, do Consórcio Vale do Guaporé.

O encontro contou também com a participação de representantes do Consórcio Nascentes do Pantanal, que inclui municípios da região de Cáceres.

Carlos Maia, que assumirá dia 1º de março a função de Diretor Executivo do Consórcio Vale do Guaporé , dirigiu os trabalhos, Bida, que ocupava o cargo, assumirá como Chefe de Divisão do INCRA-MT, em Cuiabá, atendendo as três áreas: Meio Ambiente, Ouvidoria e obtenção de terras.


Valmir Moretto, prefeito de Nova Lacerda e Presidente do Consórcio Vale do Guaporé, que inclui os municípios de Comodoro, Campos de Júlio, Nova Lacerda, Conquista D'Oeste, Vila Bela, Ponts e Lacerda, Vale de São Domingos e Figueirópolis, abriu o encontro e destacou as dificuldades que os municípios vem enfrentando, principalmente com as chuvas dos últimos dias e com as más condições das estradas. Afirmou que Nova Lacerda ficou dois anos sem técnico da EMPAER e que agora tem uma engenheira agrônoma atendendo e a Prefeitura dá o suporte para o trabalho.

Renaldo Lofti (o Alemão) fez uma explanação sobre as ações da SEDRAF, objetivos e propostas, destacando que os dois consórcios e os dois fóruns presentes são os que mais tem se destacado no estado. Disse que o atual secretário é Técnico em agropecuária e extensionista da EMPAER, por isso conhece a realidade do estado.

Um dos primeiros trabalhos realizados pelo atual secretário foi agregar o trabalho da EMPAER, INDEA  e INTERMAT, com isso ganhando em eficiência. A presença em todas as reuniões dos consórcios no estado também faz parte da estratégia de trabalho.

Onze cadeias produtivas foram alencadas pelos consórcios, porém nã é possível trabalhar ao mesmo tempo com todas, por isso é necessário eleger  algumas. A SEDRAF recomenda focar em duas ou três, fazer um diagnóstico do município, prever a cadeia para fechar todo o ciclo entre produzir e comercializar.

A secretaria também colocou à disposição apoio para a elaboração de projetos, transferência de tecnologia através da EMBRAPA, articulação com o Banco do Brasil, Sicredi e Banco da Amazônia, fomento (mudas, despolpadeira, sementes, irrigação), Central de Comercialização da Agricultura Familiar em Varzea Grande.

A SEDRAF pode também realocar equipamentos, se tiver parado em um consórcio, para servir a outro.

Focos do SEDRAF são:

- Participação no PAA - Programa de Aquisição de Alimentos; PNAE - Programa Nacional de Alimentação Escolar; PRODESA; Brasil sem miséria. Todos esses programas tem como objetivo adquirir produtos da agricultura familiar;

- Programa Mais Alimento, do Governo do Estado, que já liberou a compra de 100 tratores;

- Descentralização do LIcensiamento Ambiental;

- Aquisição de insumos;

- Distribuição de madeira em parceria com o IPEM;

- Capacitação dos técnicos;

- Apoio à implantação de aterros sanitários;

O Consórcio Vale do Guaporé, nos últimos anos, recebeu através da SEDRAF, tanques resfriadores, despolpadeiras, calcário, mudas de banana, pupunha, arroz, feijão, milho e sêmen.

Secretário Meraldo destacou o crescimento de Nova Lacerda e a importância dos Consórcios e do Fórum. Afirmou que o BNDES deverá destinar 15 milhões de reais para a EMPAER e que uma grande conquista foi a integração EMPAER, INDEA e INTERMAT.

Haverá de sua parte uma atenção especial quanto à regularição fundiária.

O seu trabalho deverá ser focado na necessidade de desenvolver a agricultura familiar mas também a agroindústria.

Será enviado um veículo UNO para a secretaria de agricultura de Nova Lacerda e já esta feito o pedido de licitação de veículos fechados, motos, câmeras digitais e notebook para todos os consórcios.

Todos os municipios também poderão solicitar plantas de agroindústrias, aos técnicos da AMM.

Valmir Moretto falou que a maior preocupação atualmente é com a destinação dos resíduos sólidos. Duas empresas, de São Paulo e do Rio Grande do Sul deverão apresentar propostas no próximos dias.

A expectativa é que o consórcio consiga fazer um trabalho sério de turismo e meio ambiente, visando maior produtividade em áreas já abertas, para que o produtor não esteja sempre preocupado com a Polícia Ambiental de Cáceres e o Ministério Público.

Tatiana Fernandez proferiu uma palestra sobre Turismo, ressaltando as oportunidades, as vantagens, a infra-estrutura necessária.

Aconteceu também durante o Fórum a eleição da diretoria dos secretários, sendo escolhido o secretário de desenvolvimento rural de Comodoro, Décio Guimarães para presidente.
Notícias relacionadas

03/06/2019

3ª Cavalgada Consciente aumenta o clima e abre se...

Visualizar Notícia

31/12/2018

Réveillon 2019 - Grande Show da Virada

Visualizar Notícia

17/11/2018

Prefeitura inaugura Parque Infantil em Nova Lacerd...

Visualizar Notícia

05/11/2018

Prefeitura de Nova Lacerda e ENERGISA firmam parce...

Visualizar Notícia